O homem e a mancha

O homem e a mancha

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Ivo Bender: Do teatro ao conto

Nesta terça-feira, 30 de novembro, às 18 horas, a Feira do Livro de São Leopoldo vai promover um bate-papo sobre a obra de Ivo Bender, intitulado Ivo Bender: Do teatro ao conto, com a presença do autor e tendo eu e o Wagner Coriolano de Abreu como debatedores. Sou, há anos, apaixonado pela dramaturgia do Ivo, e agora também por sua vertente épica: ele acaba de lançar, pela L&PM, o volume chamado  Contos, onde exercita, após uma extraordinariamente exitosa carreira como dramaturgo, sua não menos feliz experiência com narrativas curtas. Ivo segue tão preciso e envolvente no conto quanto no teatro: leiam, é mesmo muito bom.
No sábado passado, eu e a Margarida fomos convidados pelo Ivo para um chá em seu apartamento. Foi uma delícia, não apenas pelo chá alemão que ele nos ofereceu, com algumas iguarias para acompanhar, mas também pela oportunidade de trocar ideias com esse grande escritor. É uma alegria poder privar da convivência com o Ivo, de quem eu não canso de dizer que é o mais importante dramaturgo gaúcho surgido depois de Qorpo Santo, no século XIX. Sei que esses superlativos são perigosos, mas no caso do Ivo, é perfeitamente verdadeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário