O homem e a mancha

O homem e a mancha

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

As cartas marcadas ou Os assassinos

Essa foto é de uma montagem de As cartas marcadas ou Os assassinos, a primeira peça escrita por Ivo Bender, em 1961. Eu e a Margarida Leoni Peixoto interpretávamos o casal Álvaro e Rosário Ruperstein, no texto que tem clara influência do Teatro do Absurdo. Ivo conta que escreveu sua peça a pedido de uma amiga, enquanto ainda era estudante de Letras na URGS (na época não tinha o F de Federal), utilizando a técnica da escrita automática (onde o autor se deixa levar pelas imagens que constrói, algo como a livre associação na psicanálise). A direção dessa montagem de 2003 era de Rodrigo Ruiz, e ainda tinha no elenco Vinícius Cáurio, Renata Savaris e Muriel Vieira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário