O homem e a mancha

O homem e a mancha

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

O teatro de Ivo Bender ou Pondo pingos nos Ivos: uma análise dramatúrgica

2010 se encerra com mais uma excelente notícia: fui selecionado para receber uma bolsa de pesquisa concedida pelo Fumproarte, dentro do Concurso Décio Freitas, pelo meu projeto O teatro de Ivo Bender ou Pondo pingos nos Ivos: uma análise dramatúrgica. Como o título adianta, vou escrever um longo ensaio tendo como tema a obra teatral do maior dramaturgo gaúcho, Ivo Bender, autor de dezenas de peças teatrais, em uma exitosa e importantíssima carreira que completa 50 anos em 2011. Meu objetivo não é nem um pouco modesto, já que abarcarei todas as 35 peças do Ivo, trazendo um pouco mais de visibilidade a esse grande homem de teatro. O Concurso Décio Freitas contava com 72 projetos concorrentes, das mais diversas áreas, dos quais foram selecionados dez. Fico feliz em ter sido um dos contemplados, e ainda mais por poder trabalhar com uma personalidade fundamental do teatro gaúcho.


4 comentários:

  1. Parabéns Marcelo! Pela bolsa e pela iniciativa. Quem dera mais artistas gaúchos valorizassem assim representantes das gerações anteriores às nossas que raramente são assim reconhecidos, principalmente em vida.

    ResponderExcluir
  2. ai mas para de arrasar ahahhaha
    sucesso!!!!!!
    que honra ter o Ivo pertinho
    arrasa marcelo
    que ano lindo!

    ResponderExcluir
  3. Valeu Lucinha e Petit, minhas cúmplices na Cãofusão! 2011 será um ano canino, no que essa expressão tem de melhor! Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Marcelo por mais este reconhecimento. Certamente virá um belo trabalho.
    Abraço e feliz 2011 !

    ResponderExcluir