O homem e a mancha

O homem e a mancha

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

A 100ª postagem


Para marcar a 100ª postagem deste blog, que começou devagar, mas aos poucos se acostumou a dividir as alegrias e os pensamentos de seu autor, divulgo a 50ª apresentação de O vendedor de palavras, espetáculo de teatro de rua com texto adaptado pelo Rodrigo Monteiro, e que tem no elenco dois ótimos atores, com os quais já tive o prazer de contracenar. A Fernanda Beppler conheço desde 1998, mais ou menos, quando fomos colegas do DAD. Fizemos juntos O urso, de Tchekhov, em 1999, formando aquele impagável casal que se odeia à primeira vista, para depois engatar um romance irresistível. O Carlos Alexandre foi meu parceiro em Sacra folia, espetáculo de rua do Stravaganza. Gosto muito dos dois, e espero que possamos trabalhar juntos novamente. Parabéns aos três pelo trabalho!

2 comentários:

  1. bah marcelo

    muito valeu pela postagem. valeu mesmo!!!

    abraçosss

    ResponderExcluir
  2. Irene!!
    Áureos tempos aqueles de 1998..... rsrsrsrs

    Pois sim, a recíproca é verdadeira! Te adimiramos muito e esperamos vir a trabalhar juntos ainda muitas vezes nesta em em muitas outras vidas!!!

    Além, é claro, de cantarolar e cantarolar nas vans da vida!!! rsrrs

    Bjo grande com nosso agradecimento pelo carinho e espaço aqui!!

    Fe Beppler
    Carlos Alexandre

    ResponderExcluir