O homem e a mancha

O homem e a mancha

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Rocco: Adroaldo

Fiz um curta na PUCRS, como ator, dentro do curso de cinema da PUCRS. A direção e o roteiro são do Filipe Matzembacher - um jovem diretor que certamente vai se destacar muito e muito em breve. Rocco trata de uma personagem fictícia, que dá nome ao filme, e em clima de fakementary recria - através de depoimentos de pessoas que conviveram com ele - seus passos. Rocco é uma metáfora do rock'n'roll, e sua trajetória segue os passos do rock, desde seu surgimento, nos anos 1950, influenciado pela cultura negra norte-americana, as experimentações lisérgicas dos anos 1960, o glam que inundou o cenário roqueiro nos 70, o atordoamento dos anos 80, a ressurreição grunge dos 90, e o que mais vier por aí...
Interpretei o Adroaldo, um expert em alguma coisa (!), que fala sobre a experiência única que foi conhecer essa figura polêmica. A foto, de Betânia Dutra, foi clicada no set, o Salão de Atos da PUCRS.

5 comentários:

  1. Ainda não está finalizado, mas em breve estará por aí, em festivais, etc.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. e no início de julho terá sua primeira exibição na PUCRS. Maiores informações aproximando-se da data. Abraços. Filipe Matzembacher

    ResponderExcluir
  4. está marcada a exibição de ROCCO, dia 28 de junho, as 19hrs no auditório da FAMECOS. Abraços a todos.

    ResponderExcluir