O homem e a mancha

O homem e a mancha

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Goela abaixo: 5 anos de sucesso

De todos os espetáculos da Cia. de Teatro ao Quadrado,
Goela abaixo ou Por que tu não bebes? é o que permanece há mais tempo em cartaz. Nesses 5 anos de apresentações (já perdemos as contas de quantas vezes fizemos a peça), o público e a crítica foram muito generosos, encontrando méritos muito grandes no espetáculo, que é simples em sua produção, porém, acredito, bastante profundo em suas ideias e execução.
Com texto do tcheco Vaclav Havel, direção minha, e tendo no elenco Margarida Leoni Peixoto e eu mesmo, a história de um Mestre-cervejeiro que trabalha para o partido comunista, nos anos 1970, e que tenta convencer um empregado intelectual a aderir ao partido, oscila entre o altamente cômico e tocantemente melancólico. O grande diferencial da nossa montagem é que cada espectador, ao entrar no teatro, recebe cerveja para beber durante o espetáculo, ao mesmo tempo em que nós, os atores, enchemos a cara no palco: SIM, nós bebemos cerveja de verdade, o tempo todo, enquanto a peça acontece.
Venha conferir essa peça, que já se tornou cult em Porto Alegre, além de ter viajado pelo interior do RS e para fora do estado.
Segue abaixo a opinião de alguns espectadores qualificados:

"Assistimos a outro trabalho local de fôlego, Goela abaixo (...). O trabalho, assinado por Marcelo Adams e por ele interpretado, ao lado de Margarida Leoni Peixoto, foi um dos momentos altos da temporada. Margarida Leoni Peixoto, que vive o mestre-cervejeiro, está soberba em seu desempenho. (...) Em síntese, eis um trabalho sério, original, oportuno. Preenche lacunas, evidencia o quanto, por vezes, deixamos de estar atualizados em relação ao mundo. Mas, sobretudo, mostra o quanto o teatro pode ser importante para que se discuta a realidade" 
(Antônio Hohlfeldt, Jornal do Comércio)

"É uma disputa kafkiana movida a cerveja, muita cerveja, que o mestre-cervejeiro (Margarida Leoni Peixoto) praticamente empurra goela abaixo de seu subordinado (Marcelo Adams, também o diretor). Com atuação brilhante de Margarida, a ação segue o trajeto de um porre: timidez, euforia e depressão"
(Renato Mendonça, Zero Hora)

"Continuo esse artigo lembrando a beleza e a força de um espetáculo que me entusiasmou. Muito. Mais do que a média. (...) Seco, direto, o espetáculo, desde o início, destila um gosto amargo que cola fundo na imaginação do público.(...) Há uma marca em que os atores trocam de personagem que é simplesmente genial. (...) A interpretação de Margarida é realmente maravilhosa, certamente um dos destaques de interpretação de atriz de 2005. Seu companheiro de cena, Marcelo Adams, também está muito bem. (...) Os dois, Marcelo e Margarida, estabelecem um jogo de tirar o fôlego, uma atmosfera claustrofóbica muito bem construída. (...) Quando voltar em temporada, se você ainda não tiver assistido, inclua como programa teatral obrigatório. O trabalho de Margarida e de Marcelo está há muito a merecer aplausos calorosos. E é muito bom poder terminar, dizendo o que vou escrever: GOELA ABAIXO é realmente imperdível!"
(Luciano Alabarse, Jornal Usina do Porto)

Apenas dias 5, 6 e 7 de fevereiro, às 21 horas, no Teatro de Arena, dentro da programção do Porto Verão Alegre 2010.

Um comentário: