O homem e a mancha

O homem e a mancha

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Goela abaixo no Teatro Dulcina

Foi um fim de semana especial, este de 4 a 6 de maio, quando pudemos participar do projeto Dulcina abraça o Sul com nosso espetáculo GOELA ABAIXO OU POR QUE TU NÃO BEBES?, no histórico Teatro Dulcina, na Cinelândia, Centro do Rio de Janeiro. O teatro em si é uma beleza: fundado em 1935, com o nome de Teatro Regina, foi posteriormente adquirido pela fabulosa atriz carioca Dulcina de Moraes (1908-1996), que junto de seu marido Odilon de Moraes fundou uma das companhias teatrais mais importantes da primeira metade do século XX, até o final da década de 1960.
Na foto bem abaixo, Pablo Oliveira, um dos mentores do projeto, dirigindo a sua Kombi, mais Eduardo Custódio, Paulo Martins Fontes, Cristiane Bilhalva, Wagner Duarte, eu e a Margarida, no churrasco que o Pablo e o Francisco de los Santos (outro dos capitães dessa empreitada artística) ofereceram após o encerramento de nossa mini-temporada carioca.
O projeto Dulcina abraça o Sul é sem dúvida um marco na produção teatral porto-alegrense, e foi contemplado pela Funarte para a ocupação do Teatro Dulcina de abril a julho de 2012, em mais uma demonstração de que nosso Estado e, mais especificamente, Porto Alegre, figura entre o melhor teatro que se produz atualmente no Brasil: competência artística aliada à seriedade e ousadia formal.
P.S.: Os cariocas adoraram a Cerveja Província, que distribuímos para os espectadores beberem durante o espetáculo. A nossa cerveja gaúcha já está fazendo sucesso bem longe daqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário