O homem e a mancha

O homem e a mancha

domingo, 3 de julho de 2011

Ifigênia em Áulis + Agamenon faz sua última apresentação

Meses se passaram entre a primeira foto, em novembro de 2010, para divulgação preliminar, e o espetáculo que agora está em cartaz, para sua última apresentação, neste domingo 3 de julho. As caras mudaram. A compreensão do que é fazer uma tragédia deste porte se aprofundou. O jogo entre os atores solidificou-se (sim, há muito jogo em uma tragédia). Para mim, mais uma oportunidade de dar vida a uma grande personagem: desta vez, o general grego Agamenon, o herói trágico desta grande obra de Eurípides.
Atores (e diretores) são artistas inquietos. Encerramos hoje a carreira de Ifigênia em Áulis + Agamenon e já pensamos, ansiosos, na próxima estreia, em abril de 2012. Será uma obra densa, contemporânea, profundamente teatral (no melhor sentido possível). Novamente uma parceria com o Luciano, que outra vez me presenteará com um grande protagonista. Ainda não posso falar do que se trata, mas dou uma pista: é uma peça nunca montada em Porto Alegre, mas que já percorreu os grandes palcos do mundo, de Nova York, Londres, São Paulo, etc. Outra dica: quando essa peça foi adaptada para o cinema, o ator que interpreta a personagem que farei foi indicado ao Oscar de Melhor Ator. Quer mais? Prato cheio!

Um comentário:

  1. Adorei a tua participação no filme da PUC (Cinco Maneiras...) Ator de primeira linha em todos os quesitos!

    ResponderExcluir