O homem e a mancha

O homem e a mancha

quinta-feira, 28 de julho de 2011

LEGALIDADE, O ESPETÁCULO: comemoração em grande estilo

Getúlio Vargas (1882-1954)

João Goulart (1919-1976)

Carlos Lacerda (1914-1977)


Leonel Brizola (1922-2004)

Jânio Quadros (1917-1992)


General Machado Lopes (1900-1990)


Paulo César Pereio

Nos próximos dias 27 e 28 de agosto, Porto Alegre verá um espetáculo de grandes proporções, com teatro, música e dança. Nestas datas, e utilizando como cenário a própria fachada do Palácio Piratini, na rua Duque de Caxias, no Centro de Porto Alegre, será montada uma estrutura ao ar livre para comemorar os 50 anos do movimento da Legalidade, ocorrido entre o final de agosto e o início de setembro de 1961. O espetáculo, patrocinado pelo governo do estado do RS, tem direção cênica de Luciano Alabarse e contará, a partir de narrações, discursos, canções, coreografias, projeções e iluminação, um pouco do que representou a Legalidade para os gaúchos e para o Brasil.
Atores representarão algumas das principais figuras daquele momento:

Evandro Soldatelli viverá Leonel Brizola
Marcelo Adams viverá Jânio Quadros
Carlos Cunha Filho viverá Getúlio Vargas
Mauro Soares viverá João Goulart
Eduardo Steinmetz viverá Carlos Lacerda
Marcello Crawshaw viverá Che Guevara
Cassiano Ranzolin viverá Machado Lopes
Paulo César Pereio viverá ele mesmo (para quem estranhar o Pereio no meio desses políticos todos, saibam que ele e a poeta Lara de Lemos foram encarregados por Brizola, em 1961, de compor o Hino da Legalidade, um instrumento a mais para a resistência heroica daqueles dias: Lara fez a letra e Pereio a música).

Além disso, um coro formado por 20 atores dará vida aos principais momentos da Legalidade, e Luiz Paulo Vasconcellos e Ida Celina farão serão os narradores dessa história. A sonoplastia é de Margarida Leoni Peixoto.
A trilha sonora está sendo composta especialmente por Hique Gomez (do espetáculo Tangos e tragédias). Será um evento grandioso, que além dessas duas apresentações ao ar livre, na frente do Piratini, terá uma apresentação no Theatro São Pedro, em 1º de setembro, para aqueles que preferirem um local mais "quentinho").

Nenhum comentário:

Postar um comentário