O homem e a mancha

O homem e a mancha

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Verão Tchecov: Leituras dramáticas


O Santander Cultural, aqui de Porto Alegre, tem se destacado na promoção de diversos eventos nas áreas de teatro, cinema, artes visuais e literatura durante o ano inteiro, mas é no período de verão, geralmente bem mais escasso em matéria de atividades culturais, que aquela instituição tem feito a diferença.
Em janeiro e fevereiro de 2009, o Santander promoveu um ciclo de cinco leituras dramáticas de obras de Ariano Suassuna, das quais tive o prazer de participar de três, dirigindo uma delas. O evento deu tão certo, e o público foi tão significativo, que o projeto volta em 2010, com outras cinco leituras dramáticas, desta vez de peças do indispensável contista e dramaturgo russo Anton Tchecov. Em 2010, completam-se 150 anos de seu nascimento, e esta é uma efeméride a ser celebrada.
Tchecov (1860-1904) é considerado um exemplo perfeito de concisão no conto, gênero que desenvolveu  com muita habilidade nos poucos anos em que se dedicou a ele. O teatro também foi uma das áreas em que Tchecov se destacou, tendo escrito algumas peças longas e outras curtas (de qualquer forma, não são muitas). Sua associação com Stanislavski e o Teatro de Arte de Moscou, entre o fim do século XIX e o começo do XX, mudou para sempre a história do teatro, e este não é um exagero: foi a partir de encenações de peças de Tchecov que Stanislavski desenvolveu sua teoria de atuação para os intérpretes da época, pois não havia até então uma técnica que desse conta da complexidade psicológica e da sutileza que os textos de Tchecov exigiam.
Bem, os porto-alegrenses terão a oportunidade, a partir de amanhã, dia 12 de janeiro, e seguindo pelas próximas terças-feiras, sempre às 19h, no Santander Cultural (Rua Sete de Setembro, 1028, Centro), de conhecer ou revisitar algumas das principais obras teatrais de Anton Tchecov, dirigidas por encenadores gaúchos e com excelentes atores locais. A coordenação é de Luciano Alabarse, e a programação é a seguinte:

12 de janeiro
O canto do cisne
Direção de Luciano Alabarse

19 de janeiro
A gaivota
Direção de Luciana Éboli

26 de janeiro
Tio Vânia
Direção de Adriane Mottola

02 de fevereiro
As três irmãs
Direção de Vika Schabbach

09 de fevereiro
Os males do tabaco
Direção de Margarida Leoni Peixoto

Claro que eu não poderia estar de fora desse maravilhoso evento, e a leitura que encerra o projeto, Os males do tabaco, no dia 9 de fevereiro, será feita por mim. O texto é um monólogo cômico, muito divertido, e será dirigido pela Margarida. Até lá!

Um comentário: