O homem e a mancha

O homem e a mancha

sábado, 28 de junho de 2014

Personagens que passaram por mim

O primeiro espetáculo de teatro que fiz, afora oficinas e cursos, foi em 1993. Nesses 21 anos de atividades em teatro, além de atuar, que é minha função principal, dirigi, escrevi textos, compus trilhas sonoras, criei cenografias, operei sonoplastias...
Algumas dezenas de personagens/figuras me ocuparam nesse tempo, seres imaginários (e algumas vezes, saídos da realidade) aos quais emprestei meu corpo para se materializarem. A alguns tenho mais carinho do que a outros, não vou ser hipócrita; mas todos contribuíram para me fazer ver mais longe, buscar a ampliação dos meus horizontes artísticos. Um jogo que proponho a mim mesmo: lembrar por uns momentos de cada um deles. De alguns não lembro mais o nome, mas suas feições estão vivas na minha memória. Na lista que segue estão apenas as personagens criadas para teatro, ficando de fora as de cinema, TV e as muitas leituras dramáticas:
- Dio, de Uma louca fugiu da gaiola, 1993
- Pupi, de Hotel calibre 38, 1994
- Várias figuras, de A sombra e a luz são vultos, 1994
- Brigitte, de La vie en rose, 1995
- Zahar, de A lenda do unicórnio branco, 1995
- Patrão, de As maracutaias do Dr. Galant, 1997
- Padre, de Luz nas trevas, 1998
- Assessor político, de A gramática, 1998
- Andrei, de As três irmãs, 1999
- Scipião, de Calígula, 1999
- Valmont, de Quartett, 1999 
- Várias figuras, de Mockinpott, 1999
- Grigori Stepanovitch, de O urso, 2000
- Colono Mucker, de As núpcias de Teodora- 1874, 2000
- Mário, de Ano novo, vida nova, 2001
- Várias figuras, de Incompletamente, 2001
- Peter, de A história do jardim zoológico, 2001
- Filipe, de A ronda do lobo- 1826, 2002
- Sigmund, de A secreta obscenidade de cada dia, 2002
- Álvaro Ruperstein, de As cartas marcadas ou Os assassinos, 2003
- Várias figuras, de Pobre b. b., 2003
- Arnolfo, de Escola de mulheres, 2004
- Conde Maurício de Belmont, de A maldição do Vale Negro, 2004
- Niegus, de A viúva alegre, 2004
- Dr. Coppelius, de Ballet Coppélia, 2004
- Ferdinand Vanek, de Goela abaixo ou Por que tu não bebes?, 2005
- Harry, de Sofá, uma comédia picante, 2005
- Várias figuras, de Locomoc e Millipilli- Um quebra-cabeças cheio de aventuras, 2005
- Cincinatus, de Os bacharéis, 2005
- Várias figuras, de Morangos mofados, 2006
- Laertes e Ator-mestre, de Hamlet, 2006
- Várias figuras, de O homem e a mancha, 2006
- Anjo Gabriel, de Sacra folia, um auto brasileiro!, 2006
- Fernando, de Burgueses pequenos, 2007
- Édipo, de Édipo, 2008
- Sganarello, de O médico à força, 2008
- Sócrates, de Górgias ou Discurso sobre a retórica, 2009
- Alcibíades, de O banquete, 2009
- Várias figuras, de Solos trágicos, 2010
- Leonardo, de Bodas de sangue, 2010
- Professor, de A lição, 2010
- Agamenon, de Ifigênia em Áulis + Agamenon, 2011
- Jânio Quadros, de Legalidade, o musical, 2011
- Ferro, de Inimigos de classe, 2012
- Scapino, de Artimanhas de Scapino, 2012
- Várias figuras, de Um certo capitão Verissimo, 2012
- Max Morrow e Jan, de Marxismo, ideologia e rock'n roll, 2013
- Nilos Lákmos, de A vertigem dos animais antes do abate, 2014
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário