O homem e a mancha

O homem e a mancha

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Novas Caras


Escrevi Pão com linguiça no primeiro semestre de 2009, para ser dirigida pela Margarida em sua turma da Oficina de Montagem. O resultado foi tão bom que o entusiasmo foi geral, e os alunos decidiram inscrever a peça no Caxias em cena, onde ela se apresentou em setembro passado. Agora, integrando a programação do Novas Caras, o espetáculo tem lotado todas as apresentações no Teatro de Câmara. Ontem fui ao teatro e presenciei o sucesso que a temática da peça alcançou. Risos do início ao fim, envolvimento da plateia, composta por muitos jovens e pessoas que não costumam frequentar teatro.
É prazeroso presenciar a insuspeitada catarse que minhas palavras proporcionam, ditas pelas bocas de talentosos alunos-atores. Adoro escrever para eles, e atualmente finalizo o novo texto, SPA- Sitiados Para Assassinato, que fará apresentações em julho, no Teatro da Cia. de Arte. Desta vez, o desafio está sendo criar uma história envolvente que contemple com muito humor os 23 alunos.
Quem se interessa pelo nosso teatro gaúcho, e quer conhecer uma nova geração de atores, não pode perder no próximo dia 28 de abril, às 20 horas, no Teatro de Câmara Túlio Piva (República, 575), a última apresentação dessa exitosa temporada. Mas chegue cedo, pois as senhas se esgotam rapidamente.
Hoje havia até uma jornalista da Revista do Diário Gáucho cobrindo a peça. No dia 30 de abril sai a matéria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário