O homem e a mancha

O homem e a mancha

domingo, 31 de agosto de 2014

OS HOMENS DO TRIÂNGULO ROSA: RUDOLF BRAZDA, O ÚLTIMO SOBREVIVENTE



Rudolf Brazda (1913-2011) foi o último sobrevivente dos triângulos rosa. Apesar da terrível experiência vivida no campo de concentração de Buchenwald, onde permaneceu de 1942 a 1945, ele viveu incríveis 98 anos, contando sua história no livro Triângulo rosa: um homossexual no campo de concentração nazista, escrito em colaboração com Jean-Luc Schwab. Nessa entrevista, Brazda relata algumas passagens de seu confinamento, que foram utilizadas na criação do espetáculo OS HOMENS DO TRIÂNGULO ROSA, com estreia marcada para o dia 10 de outubro, no Theatro São Pedro, em Porto Alegre.
Rudolf Brazda, aos 18 anos
 
Rudolf Brazda, em 1937
 
Rudolf Brazda, com mais de 90 anos
 

2 comentários:

  1. Sabem me informar algum contato do Rudolf Brazda?
    Para um documentário, Muito Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anderson, o Rudolf Brazda faleceu em 2011, infelizmente, com quase 100 anos de idade.

      Excluir