O homem e a mancha

O homem e a mancha

domingo, 3 de junho de 2012

CLAUDIA LEWIS em ARTIMANHAS DE SCAPINO

Em 2008, Claudia fez parte de nossa montagem de O médico à força, do mesmo Moliére de quem agora encenamos ARTIMANHAS DE SCAPINO. Ela vivia a ama de leite Jaquelina, constantemente assediada pelo falso médico Sganarello, com direção de Margarida Leoni Peixoto.

Claudia também interpretou a empregada Jussara, em 2010, em Mães & Sogras, a partir do texto de Leandro Sarmatz, com direção minha.

Na tragédia de Eurípides Ifigênia em Áulis + Agamenon, de 2011, dirigida por Luciano Alabarse, Claudia fazia parte do coro, e podemos vê-la bem no centro da foto, agachada à frente de Carlos Cunha Filho.

Em 2011, Claudia foi indicada ao Prêmio Açorianos de Melhor Atriz por seu trabalho em A bilha quebrada, de Heinrich von Kleist, sob a direção de Clóvis Massa, vivendo a sisuda dona Marta.

No dia 29 de junho, no Theatro São Pedro, nossa parceira constante dos palcos estreia em ARTIMANHAS DE SCAPINO, desta vez como a egípcia Zerbineta, o interesse amoroso do jovem Leandro. Não perca!

Um comentário: